quinta-feira, julho 22, 2010


Depilação: Um ato de coragem!!

Resolvi fazer esse post, depois da minha última (dolorosa) sessão de depilação! Confesso que já me "acostumei" bastante com a dor, mas poxa, tem dias que não tô afim de sofrer e ao mesmo tempo não quero ficar cheia de pêlos igual uma Ursa. rs* Então lá vou eu de novo, sofrer... Quando dizem que mulher sofre, não é mentira mesmo!! Não podia existir um processo de depilação realmente eficaz, que fosse rápido e o principal indolor?! Fiz uma pesquisa, e acabei achando uma infinidade de métodos depilatórios. Então chega de blábláblá e vamos ao post:


Tipos de depilação:

Lâmina
Não provoca dor, mas pode deixar a pele irritada. 
Vantagens: pode ser usada nas pernas, virilha e axilas e é um método superbarato. 
Desvantagens: os pêlos voltam a crescer dois a três dias depois, já que, nesse tipo de depilação, não são arrancados pela raiz. Para não sentir dor: 
• aplique um pouco de condicionador antes de se depilar para deixar os pêlos macios 
• cuidado para não se cortar! Passe a lâmina suavemente sobre a pele e troque-a quando já não estiver deslizando fácil 
• passe a lâmina no sentido dos pêlos para não encravar 
• prefira lâmina com fita lubrificante


Pó Clareador (Não é bem um método depilatório mas serve para disfarçar os pêlinhos!!)
Se você não tem muitos pêlos, uma boa opção é deixálos mais clarinhos. Para isso, lance mão de um clareador. 
Vantagens: o método dá bom resultado para quem tem pêlos finos. 
Desvantagens: se não fizer o teste alérgico antes, a pele pode apresentar algum tipo de reação. Algumas dicas: 
• coloque uma colher de sopa de leite na misturinha de clareador e água oxigenada para evitar coceira e ardor 
• siga as instruções da embalagem 
• após a aplicação, use hidratante com substâncias calmantes e não tome sol.



Laser
A chamada eletrólise, o método tradicional de depilação a laser (que arranca os pêlos pela raiz), é dolorida. Mas, para a alegria das que querem uma solução definitiva, chegou o Nova Light, aparelho que emite luz pulsada e não provoca dor. 
Vantagens: as sessões são rápidas e cerca de seis a oito sessões acabam com 70% a 90% dos pêlos.
Desvantagens: o tratamento é bem caro. Uma sessão na axila custa R$ 200, na virilha, R$ 350, e a meia perna, R$ 500. Para não sentir dor: 
• procure uma clínica especializada 
• durante o tratamento, não tome sol, não se depile com outros métodos e não aplique produtos abrasivos ou à base de ácidos.

Dúvidas mais freqüentes em relação a depilação a Laser:

Como funciona este método? 
Um aparelho com fonte de energia gera e emite um comprimento de luz sobre o corpo. Essa luz identifica um ponto escuro na pele e age sobre ele destruindo parte de suas células. O ponto escuro que a luz localiza é a base do pêlo.

A depilação a laser é definitiva?

Quase isso, o método faz uma depilação prolongada. Sua eficácia vai depender da resposta de cada pessoa ao tratamento. Normalmente essa depilação dura de seis meses a um ano e cerca de 80% dos pêlos desaparecem para sempre. Em alguns casos há 100% de sucesso. 

Quais são as desvantagens desse método de depilação?

Além do alto custo, se o laser não for aplicado por um profissional altamente capacitado, pode causar cicatrizes, queimaduras e manchas na pele.

Em que tipo de pele o laser funciona melhor?

Ele é indicado para pessoas com peles claras e pêlos escuros. Esse contraste de cores permite que o laser identifique onde está o pêlo e possa eliminá-lo com exatidão. 

Em que partes do corpo pode ser feito? Onde ele é mais eficiente?

Em áreas pequenas, como na virilha e nas axilas, o resultado é especialmente positivo. Nesses locais, o pêlo costuma ser mais grosso e escuro, o que facilita localizá-lo e eliminá-lo. Pernas, nádegas, costas e face também podem ser depiladas com laser. Só há uma restrição: a depilação dos pêlos da sobrancelha, porque ela fica muito próxima ao globo ocular. 

Quanto tempo dura o tratamento? 

Depende da quantidade de pêlos, de seu ciclo de crescimento e da região a ser tratada. A depilação na virilha, por exemplo, pode levar cerca de quatro a seis sessões. 

Como é uma sessão?

Cada laser exige uma preparação própria. Mas, no geral, pede-se à paciente que higienize o local com água e sabonete e depile a região (pode ser com cera, lâmina ou mesmo tesoura, dependendo do tipo de laser). A sessão pode durar de 30 minutos a duas horas. 

O método é indolor?

Não. Mas o incômodo depende do tipo de laser usado e da tolerância da paciente. De qualquer maneira, pode-se usar um anestésico antes da depilação. As sensações mais comuns são de ardor, mudança de temperatura no local (aquecimento ou esfriamento) e pressão sobre a pele.

Esse método pode ser usado em mulatas e negras?

Depende. Para que a depilação seja bem-sucedida, é preciso que haja contraste de cor entre pêlo e pele. O fio precisa ser bem mais escuro do que o tom da pele, já que o laser age justamente na região mais escura. Aí corre-se o risco de queimar e machucar a pele. Antes de partir para o tratamento, deve-se fazer um teste para prever o resultado. Pelo mesmo motivo, é contra-indicado o laser em peles bronzeadas. 

Durante o tratamento, é permitido ir à praia ou à piscina?

Não. Recomenda-se evitar tomar sol um mês antes de fazer a depilação a laser e durante todo o procedimento. Essa precaução evita danos na pele e garante maior eficácia do tratamento.


Cremes Depilatórios
Esses cremes são excelentes na hora de arrancar os pêlos. Basta espalhar sobre a região, esperar alguns minutos e passar uma esponja ou uma toalha umedecida para retirar o produto por completo. 
Vantagens: não provocam nenhuma dor. 
Desvantagens: como esses cremes corroem a base do pêlo, a remoção é superficial. E eles voltam a crescer em dois ou três dias. Os depilatórios também podem provocar alergias. Para não sentir dor: 
• siga as instruções da embalagem 
• faça um teste de toque 24 horas antes de se depilar.

Depilação com Máquina Elétrica
Este método utiliza aparelhos elétricos que arrancam os pêlos pela raiz. Os aparelhos mais modernos possuem um seletor que permite ajustar a velocidade com que os discos rotativos puxam os pêlos. Outros aparelhos aquecem a cera no seu interior, e permitem a aplicação diretamente na pele em faixas. Neste caso devem ser seguidas as indicações aplicadas à cera quente. Este tipo de método é prático para pernas e braços, mas não se recomenda para a barba ou regiões delicadas e sensíveis.


Eu, particularmente, não gosto dessas "máquininhas". Talvez pq não sei usar direito, mas não nos damos muito bem não... E aliás, elas não são baratinhas né?! 

Inibidores de Crescimento
Existem também substâncias que podem ser aplicadas para inibir o crescimento dos pêlos e prolongar o tempo de sua ausência. Esses produtos atuam diretamente sobre as células germinativas no momento exato em que é extraído o pêlo. Retardam o processo natural do crescimento e com o uso freqüente, enfraquece a sua estrutura e chegam a inibir o surgimento de novos pêlos. É importante salientar que este é um processo complementar às depilações que retiram o pêlo da raiz, e que não resulta, pela sua aplicação, numa depilação definitiva. Estes produtos devem ser aplicados após a depilação com cera, eletrólise ou pinça.


Pinça
A utilização da pinça é adequada para a remoção de alguns pêlos que ficam após depilação com cera, e ainda para a remoção de pêlos para o contorno das sobrancelhas.


Cera
Se a alternativa escolhida for a cera, existem várias opções, mas as mesmas estão limitadas às características da barba assim como às áreas específicas do corpo, isto é, a barba cerrada não poderá ser tratada com cera, mesmo quente, pois o volume de pêlo não permitiria ser arrancado, tornando o processo doloroso e ineficiente. Para a depilação com cera fria ou quente é preciso que os pêlos estejam longos, para se obter um melhor resultado. É importante destacar, que a cera quente é mais vantajosa que a fria, já que ajuda na abertura dos poros e os pêlos são retirados mais facilmente, sendo também mais econômica. No entanto este tipo de cera ajuda no aparecimento de derrames e varizes. Para evitar que a pele fique demasiado seca, faça uso diário de hidratantes. Seja qual for a sua opção, faça a depilação com profissionais competentes e experientes, limpando previamente a região a ser depilada com água e sabão. Depois de feita a depilação, volte a limpar a área com um desinfetante, complementando com um creme pós-depilatório ou creme protetor.

Cera Fria
A depilação com cera fria é uma das mais fáceis e comuns, resultando numa alternativa caseira. Existem receitas sofisticadas e até domésticas, cujo resultado dependerá especificamente das características da área a ser depilada assim como do volume e consistência do pêlo. Mas este processo possui a vantagem de arrancar o pêlo da raiz, deixando a pele lisa, o que garante um período de 20 a 30 dias sem a sua presença. Por outro lado, para poder ser feita nova depilação, é necessário deixar crescer os pêlos, pelo menos, por algum tempo até adquirir tamanho suficiente para a remoção.

Existem vários tipos de cera: ceras específicas para pêlos mais finos como aqueles que encontramos nos braços e corpo; e para pêlos mais grossos como os da virilha, axilas, pernas e certos tipos de barbas. Mas, se tiver problemas de má circulação, varizes ou extrema sensibilidade capilar, não deve utilizar qualquer cera. Deverá sempre consultar um profissional especializado para poder obter melhores resultados e não afetar a sua saúde.

Para a depilação com cera fria, basta espalhar a cera na superfície de um plástico ou de papel celofane apropriado para isso. Existem também folhas já prontas com cera, para aplicação imediata.

Uma vez escolhida a área de depilação, desinfete o local com um algodão embebido em álcool para evitar riscos de infecção. É indispensável secar a área antes da depilação. Caso contrário, a cera não terá aderência e os pêlos não serão removidos. Por isso, evite passar óleos ou cremes hidratantes horas antes da depilação. A seguir, coloque o papel ou pano com cera e puxe de uma só vez no sentido contrário ao do crescimento dos pêlos. Poderá também optar por colocar a cera na área de depilação, espalhando com uma espátula ou com os dedos no sentido do crescimento dos pêlos, para depois aplicar o celofane preparado. Uma vez concluída a operação, desinfete bem a área depilada. Este processo é doloroso e deve ser feito por outra pessoa para ter um bom resultado. 

Cera Quente
De igual forma que a cera fria, a depilação com cera quente retira os pêlos pela raiz, o que permite uma durabilidade de pelo menos 20 dias. Mas por abrir os poros com o calor, quanto mais natural for a composição da cera, melhor será para a sua saúde. Por outro lado, para poder ser feita a depilação, é necessário deixar os pêlos crescer, pelo menos, por algum tempo até adquirirem o tamanho suficiente para a remoção.

As ceras feitas em casa podem ser aplicadas com a mão, papel celofane ou folhas plásticas prontas para esse fim. Podem ser derretidas em banho-maria ou com aquecedores especiais para cera. Este método também tem as suas especificações para cada parte do corpo, de acordo com a sensibilidade de cada área. 
Vale a pena acrescentar que a barba corresponde a uma área extremamente sensível, devendo ser depilada somente com cera quente. Este tipo de depilação deve ser somente realizada por profissionais se não quiser passar por maus bocados.

Uma vez escolhida a área de depilação, desinfete o local com um algodão com álcool para evitar riscos de infecção. É indispensável secar a área antes da depilação. Caso contrário, a cera não terá a aderência necessária e os pêlos não serão bem removidos. Por isso, evite utilizar óleos ou cremes hidratantes horas antes da depilação. A seguir, aqueça em banho-maria a cera até que ela fique com a temperatura aproximada do corpo. Verifique a temperatura da cera numa área pequena da pele para não se queimar. Aplique a cera sobre a região que será depilada com uma espátula, sempre em sentido do crescimento dos pêlos. Deixe arrefecer por alguns segundos, até que endureça um pouco para poder puxar de uma só vez sempre no sentido contrário ao do crescimento dos pêlos. Uma vez concluída a operação, desinfete bem a área depilada. O processo é doloroso e deve ser feito por outra pessoa para ter um bom resultado. No fim, deve sempre desinfetar a área depilada e de pôr um creme hidratante.


Receita de Cera Quente
Você vai precisar de: 
1 kg de açúcar 
Suco de 1 limão 
1 xícara de água

Modo de preparar: 
Coloque os ingredientes em uma panela e cozinhe até ficar em ponto de bala puxa-puxa, o grande segredo é acertar o ponto. Deixe esfriar até a mistura ficar morna. Antes de aplicá-la, verifique com o dedo se ela não está quente demais. Use uma espátula para aplicar sobre os pêlos e espere esfriar até que dê para puxar e arrancar os pêlos. Para manter a temperatura ideal, esquente em banho-maria.

Eu já experimentei esse tipo de cera e adorei resultado! :)

E uma novidade...

Descobri um vídeo que me animou. Trata-se de um cera indolor. Isso mesmo. Segundo o responsável pela fabricação da cera o processo é praticamente sem dor, a cera é totalmente natural, possui anti-inflamatório em sua fórmula além de muitos outros benefícios. Vejam:


Para saberem mais sobre a tal cera "milagrosa" entre no site: Depilnutri

+ dicas para uma boa depilação com cera:
Recorte o pêlo com uma tesoura antes de se submeter á cera. Não muito curtos, meio centímetro é o ideal para que os pelos saiam o mais rápido possível.

No período menstrual 7 dias depois do final da menstruação, a área dos genitais está bem menos sensível do que o normal. Escolha o dia 8 a 10 da regra.

Tome algum antiinflamatório 1 hora antes da depilação, para dar tempo de fazer efeito na hora.

Antes de começar a depilação, o ideal é deixar a área bem limpa pra evitar irritação. Para retirar a umidade e deixar a pele limpa, vale passar álcool e talco, mas sempre protegendo a mucosa.

Ah! E se você não liga muito pra dor e gosta de algo mais duradouro pode fazer a depilação com uma pinça, mas isso exige paciência. Esse processo é muito bom por não danificar a pele e ainda diminuir o ritmo de crescimento dos pêlos. Não esqueça de deixar a pinça bem limpa antes de ser utilizada. E outra... As mulheres que sofrem com pêlos encravados podem recorrer ao uso de cremes com corticóides, antibióticos, ácido glicólico e antiinflamatórios. O uso de sabonetes e loções antissépticos também evita as irritações.

Você Sabia: 
• que nem todas as européias se depilam? 
• que, nos Estados Unidos, existe um método de depilação chamado “à brasileira”? 
• que a atriz Scarlett Johansson entrou em pânico antes de fazer a depilação à brasileira em Nova York? 
• que a Cleópatra já se depilava? Ela tirava os pêlos com tecidos embebidos em cera quente.

Agora é escolher o método melhor para vc e ser feliz... Lisinha!


Fontes utilizadas: 

8 comentários:

Nanda Chaves disse...

Oi Dani,
Super obrigada pela visita e por ter me linkado!!!Seu blog é FOFO demais!!!
E vem cá, aquele monte de imagens de "link-me"aqui no seu blog, são todos seus? É só escolher um e colocar lá no meu blog?
bjus

Daniela disse...

É só escolher e linkar sim! ;)
Beijoo!

flavinhah_lancone disse...

oi é a minha primeira visita aqui, adorei seu blog!gostaria de saber se vc pode me indicar um inibidor de crescimento de pelos...pois nao conheco nenhum..=/
bjos

Daniela disse...

Ei Flavinha, fico feliz que tenha gostado do Blog! Eu também não conheço muitos inibidores de crescimento. Mas já ouvir falar em dois. Que são o Antivell Plus e o Ultra Hair Away! Beijão

flavinhah_lancone disse...

Obrigadaa...vou ver onde os encontrooo!
:)

... disse...

É mnha primeira visita também no blog e adorei :p já assinei os feeds

E gostaria de saber se aquele creme Bioxet é um inibidor de pêlos ou é definitivo
Fiquei tentada à comprar,mas agora que sei que tem inibidores fiquei bom um pé atrás

Abraços

Daniela disse...

O que sei do Bioxet é que ele enfraquece os pêlos, e com algum tempo de uso acaba reduzindo o crescimento dos mesmo! É um creme para reduzir os pêlos e não um depilatório! Nunca usei, mas acredito que depois de muito tempo de uso o enfraquecimento deve ser tanto que pode se tornar definitivo. Pode ser né?! Acho que vale a pena experimentar. E se usar me conta o resultado!! rs*
Beijãoo e muito obrigada pelo comentário!

Sandro disse...

Ola Daniela, somos da empresa Senza Peli, distribuidor exclusivo da cera para depilação Depilnutri.
Em nome da Senza Peli e da Empresa Depilnutri quero agradecer o carinho em ter postado nosso vídeo sobre a cera e nos colocamos a disposição para dirimir dúvidas. Parabéns pelo seu Blog, ele é realmente muito interessante e com vários conteúdos inteligentes. Vamos lhe recomendar. Pela atenção, Obrigado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...